segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Exercícios sobre o documentário Falcão 1º anos 2013

01) Diante dos fatos mostrados no documentário, qual foi a sua primeira reação as imagens?
02) A violência tornou-se rotina na vida dos brasileiros, principalmente os menos favorecidos economicamente. Qual tem sido o posicionamento do Estado em relação a tal situação?
03) Quais são as perspectivas de futuro dos jovens ou crianças mostradas no documentário?
04) MV BILL teve acesso a uma realidade que comumente não é mostrada nos meios de comunicações, na sua opinião o que possibilitou a ele esse acesso?
05) Na comunidade em que você mora, já teve oportunidade de presenciar cenas violentas que remonta ao filme? Qual a sua reação diante de tais fatos? Alguma ação poderia ser feita para que tal fato não ocorresse?


Uma das causas do crescimento da violência urbana no Brasil é a aceitação social da ruptura constante das normas jurídicas e o desrespeito à noção de cidadania. A sociedade admite passivamente tanto a violência dos agentes do estado contra as pessoas mais pobres quanto o descompromisso do indivíduo com as regras de convívio. Ficam impunes o uso da tortura pela polícia como método de investigação; a ocupação de espaços públicos por camelôs e donos de carros; as infrações de trânsito; a incompetência administrativa; a imperícia profissional; a negligência causadora de acidentes e o desrespeito ao consumidor. Entre os cidadãos habituados a esses comportamentos, encontram eco as formas violentas de fazer justiça, como a pena de morte, linchamentos e mesmo o fuzilamento sumário. É freqüente a aprovação popular da punição violenta sem direito a julgamento.
06. Um dos problemas mais graves vividos pelas populações dos países mais pobres é a violência (principalmente nos grandes centros urbanos).
O que é violência?

07. O aumento atual da criminalidade no Brasil ainda é devido ao grande percentual de miseráveis em nossa sociedade.
Contra-argumente, indicando duas outras causas para o elevado índice de criminalidade no Brasil.

08. O SOCIÓLOGO JULIO JACOBO WAISELFISZ, de 68 anos, estuda a criminalidade brasileira há mais de uma década. Argentino, ele está no país há 30 anos.

ÉPOCA – Qual é a posição do Brasil em taxas de homicídios?
Waiselfisz – O Brasil tem 3% da população mundial, mas 11% dos homicídios. A maioria das vítimas é jovem, homem e com baixo nível cultural. Cerca de 70% são negros. Em 2004, ocorreram 27 mortes para cada 100 mil habitantes no país. O Brasil está em quarto lugar no mundo (...).
ÉPOCA – Quase metade das cidades de Pernambuco e do Rio de Janeiro estão entre as 10% mais violentas do país. Por quê?
Waiselfisz – Há uma cultura homicida nesses locais e o acesso a armas de fogo é muito fácil. (...) A campanha do desarmamento foi importante. Só em 2004, ela conseguiu baixar em 10% os homicídios no Brasil.
ÉPOCA – Mortes bárbaras têm sido freqUentes, como a de João Hélio, de 6 anos, e as dos três
franceses no Rio de Janeiro. A crueldade aumentou?
Waiselfisz – A crueldade sempre existiu. O que acontece é que esses episódios vão se avolumando com o tempo. Desde o início dos anos 90, o aumento dos homicídios foi de 5,5% ao ano, aproximadamente. (...) Vida e morte se tornaram banais. Só 10% dos assassinatos são punidos no Brasil. Quanto maior é a impunidade, maior é a violência.
(Revista Época, 21/03/2007.)
“Vida e morte se tornaram banais.”
Você concorda com essa afirmativa? Apresente dois argumentos que embasem sua opinião.

113 comentários:

  1. 1)Fiquei assustado,mas infelizmente e a realidade.
    2)Acho q tem poucas entidades,que se importam com tudo isso,pra mim se o estado se preocupasse mais,teriam menos violência.
    3)Desinteresse em mudar a situação,ate poque não eles não tem tanto apoio para mudar essa trite realidade.
    4)O respeito q ele tem na favela.
    5)Não igual a essa mostrada no documentário,mas com certeza essa situação mudaria se esses jovens tivessem um acompanhamento q mudasse o modo de pensar deles.
    João Paulo 3°MM N°19

    ResponderExcluir
  2. 1) A primeira reação é de espanto, pois eu sabia que as coisas eram dificil, mas não tanto quanto mostrado no filme.
    2)O estado tenta acabar com o trafico, mas muito falta a ser feito, falta projetos que favoreça os mais desamparados.
    3)A perspectiva de vida deles é muito baixa, pois desde criança já portam uma arma e já se envolve em tiroteios, então logo já se expoem a risco de vida.
    4)O que possibilitou o acesso do MV Bill a essas imagens foi a "musica" que ele compoe, pois fala da realidade que mostra e tbm, acho, que pelos amigos que ele tem.
    5)Não igual mostra no filme, mas já vi cenas parecidas com a do filme, mas no momento não pude fazer nada diante dos fatos.

    ResponderExcluir
  3. Isabella Monteiro-3MO-N°:19

    01)Minha reação foi inesperada fiquei de cara com aqueles jovens se drogando, outros até perdem a vida por causa que entrega os amigos pra policia,ainda mais que o documentário é baseado em fatos reais, e não só eu mais a sociedade fica chocada com o que se ve no documentário.

    02)Estão fazendo de tudo para que umdia não exista mais isso o mundo, por exmplo tem ONG's que ajudam esses jovens a se tratarem, dão abrigo a eles, e a cada dia que passa o mundo vai ficando livre das drogas.

    03)Tenho uma perspectiva positiva em relação a esse assunto, pois acho que um dia isso tudo possa acabar, não só aquino Brasil mas no mundo que nós rodeia e eu também estou torcendo para esses jovens saírem dessa vida e tentarem alguma coisa diferente.

    04)Acho que o fato dele conseguir pelo menos conversar com um desses jovens já ajuda, mas ele tem acesso a varias ONG's pelo Brasil a fora, essas que ajudam esses jovens a mudarem sua perspectiva de vida.

    05)Não.Acho que na hora me daria panico, eu ia começar a tremer toda.Acho que o nosso policiamento poderá dar conta desse trabalho.

    06) Violência é uma ação direta destinada para poder prejudicar ou até destruir qualquer tipo de pessoa.

    07)Outras causas que marcam bastante é a criminalidade que não ocorrem só no Brasil, e os diversos tiroteios que ocorrem pelo mundo a fora e até dentro do nosso país.

    08)Sim,pois a crueldade sempre existiu, tem também a impunidade que quanto ela fica, mais aumenta a violência no mundo e no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. 1) Imagens muito fortes, mas são imagens comuns em comunidades sem investimento do governo.
    2) O estado investe nestas áreas, mas não se tem resultado, pois pro sistema importa ter violência, não violência brutal, pois como no documentário fala “se não houver crime não a policia”.
    3) São se envolver nos mesmos caminhos de seus espelhos, que são os traficantes que ate mesmo são da família, alguns que não se envolvem mais é difícil.
    4) Força de vontade, pois ele tinha conhecimento de que se tem um futuro melhor longe do crime.
    5) Não.Mais se ocorresse o primeiro meio seria a policia, mas com investimento governamental não existiria isso.
    6) Violência é o ato de um individuo achar que é “poderoso” e “quebrar” meios de outro.
    7) Desemprego, falta de investimento em educação são as duas colunas que faz a sustentação do crescimento da violência.
    8) Sim.Pois conseguir armas neste pais é muito fácil, o governo deve investir em campanhas, e o crime nunca acabara mais pode ser tornar algo raro.

    Glauco Moraes nº14 3º MO

    ResponderExcluir
  5. Laís Cristina nº23 3ºmF

    01) eu fiquei assustada ao ver o modo como aqueles meninos vivem. Fiquei perplexa ao ver como eles colocam suas vidas em risco em troca de drogas e dinheiro do tráfico.

    02)Acredito que é grande o esforço do Estado a esse respeito. É comum ver ações do governos em favelas, levando musica e esporte até os jovens das comunidades.

    03)Eles não tem perspectiva alguma.No filme existem crianças que dizem querer ser bandidos quando crescer!

    04)O fato dele ser um rapper, que é um estilo muito presente nas favelas. é como se os bandidos tivessem confiança nele por ele ser um rapper e retratar em suas musicas como é a vida dos jovens da favela.

    05)Sim, é comum ver crianças e adolescentes se drogando e portando armas. Eu fico assustada ao ver como essas pessoas se entregam ao vício e as coisas fora da lei. Eu acredito que já é feito, existem operações da policia para recolher essas pessoas usuárias de drogas dos centros das cidades. Mas o governo deveria investir mais nisso.

    ResponderExcluir
  6. Karine Costa nª23 3mD

    01)Caso de se espantar pois e uma realidade que não faz parte do meu dia a dia.
    02) Posicionamento de conformidade.
    03) Se observa que a pouca perspectiva , talvez pela falta de oportunidade ou e até de interesse .Do mesmo jeito que a relatos de crianças dizendo que quando crescer vai ser ladrão, não no vídeo mas a também relatos de jovens que saíram da vida por vontade própria .
    04) O próprio interesse de mostrar a sociedade qual e a realidade do pais ,sem criticar apenas mostrar.
    05) Nunca presenciei nenhum fato , mas se realmente existe uma ação que eu sozinha ,poderia evitar eventuais casos seria interessante .
    06)Algo que possa afetar, prejudicar alguém .
    07)A impunidade e a Política do pais , seriam as outras causas de índice elevados de criminalidade que seguem lado a lado , no caso da impunidade os criminosos cada vez mais livres e as vitimas esquecidas , resultado de uma política mais individualista do que social.
    08)Concordo. Em uma sociedade desestruturada, onde ricos ficam cada vez mais ricos e pobre cada vez mais esquecidos, talvez não seja o termo correto mais com uma sociedade mais ambiciosa em um pais com elevado índice de impunidade essas taxas de crimes vão com certeza aumentar a cada ano.

    ResponderExcluir
  7. Mariana Alves nº30 3mF

    01)Fiquei assustada ao ver a como aqueles jovens se entregam a uma vida tão perigosa e fora da lei.

    02)O Estado tem trabalhado dentro das favelas, levando cultura, musica, entretenimento pra os jovens da comunidade.

    03)Eles não tem perspectiva. Eles não acreditam no futuro, não esperam alcançar uma vida melhor no futuro.

    04)Porque ele canta rap, que é um estilo presenta nas favelas e consequentemente na vida daqueles jovens.

    05)é comum na sociedade em que vivemos vermos cenas que remontem o filme. Eu fico triste ao ver no que esses jovens estão se tornando. Acho que o governo deveria investir mais nos jovens.

    ResponderExcluir
  8. Nome:Lucas Basílio nº:47 Série/Turma:3ºMH

    1)Eu fiquei impressionado com a forma que aquelas pessoas vivem. E também com a forma em que eles se arriscam para conseguir drogas.

    2)O estado tenta ajuda esses jovens com atividades educativas, mais são a maioria desses jovens que não querem ser ajudados.

    3)Acredito que pelo o que o filme pode mostrar, aquelas pessoas não tem perspectiva de vida nenhuma porque eles não conhecem outro estilo de vida além da criminalidade.

    4)O que possibilitou o MV BILL a ter acesso, foi por ele cantar um estilo de música que é comum nas favelas e por ele colocar nas letras das músicas a realidade que se passa na vida desses jovens, e também por ele participar de varias ONGS.

    5)Nunca vir, mais acredito que já é comum as pessoas verem jovens se drogando nas ruas no dia a dia. E se eu visse algum jovem nessa situação não ficaria surpreso por já estar tão comum ouvir esse tipo de notícia. O governo poderia investir mais nesses jovens e nos projetos que eles já fazem dentro das favelas.

    ResponderExcluir
  9. NOME: Izabelle Amanda Zangerolami Nº:21
    TURMA: 3ºM0

    01)Minha primeira reação foi de indignação com toda a realidade mostrada no filme e ainda em relação com as escolhas e a vida dos jovens mostrados.
    02)O Estado fechou os olhos diante da realidade dos jovens das favelas, e quando sentem a situação piorando mais tentam camuflar com algo que dê lazer a sociedade.
    03)alguns de se tornarem bandidos, continuar na droga ou tentar melhorar de vida.
    04)Por ele ter vivido essa realidade quando era mais novo, e também como ele mora na favela deve presenciar alguns dos casos tratados no filme.
    05)Não mas já vi uma boca de fumo.De horror. Só quando um filho de alguém importante se envolver com drogas que vão fazer algo.
    06)é um ato usado para intimidar ou ferir uma pessoa tanto verbalmente quanto fisicamente
    07)falta de empregos e desigualdade social
    08)Em partes, é algo comum viver tanto quanto morrer mas é do jeito que a pessoa morre, não só pelo fato dela morrer e viver e sim da maneira como acontece esses dois. Não é só porque a pessoa morreu de bala perdida que ninguem vai ligar pra isso , ou não é só o fato da pessoa a vida toda morrer de fome e ter uma vida miserável que todos são assim e a socidade vai se conformar com isso. É por isso que não é só viver e morrer é o jeito que você vive e morre.

    ResponderExcluir
  10. Márcio Oliveira - 3MB

    1- A minha reação foi meio que normal, por que a vida dos jovens retratados no documentário já é mostrado a muito tempo e como não a mudança quase que nenhuma e essa realidade esta ai a anos sem sofrer alterações é meio que normal ver esse tipo de coisa acontecer.

    2- Investimentos com certeza tem mas não muito efetivo, o governo precisa investir mais na educação para que as crianças não "sigam" o caminho errado e investir mais em atividades e em ONGs.

    3-Pra min é como um dos caras falou, "Cadeia, Morte ou Cadeira de Rodas".

    4- Ele ter vindo de um lugar igual ao do mostrado no Documentário e ter vivido naquele meio social.

    5- Nunca vi de perto, mas quase todo dia escuto historias que retratam isso.

    6- Violência é uma agressão seja ela verbal ou física, acometida por uma serie de fatores como opção religiosa ou cor de pele.

    7- Educação precária e falta de Segurança.

    8- a Facilidade com que armas chegam nas mãos de pessoas com má índole que levam a morte em tiroteios, assaltos e afins se tornou tao comum que acaba se tornando uma coisa normal.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Rennan Monteiro, Nº37 3ºmC

    1- É algo lamentável, chega ser impressionante como o trafico chegou ao ponto de comandar um território.
    2- O Estado tenta ajudar com alguns programas sociais como o Bolsa Família, entre outros, mas não são suficiente para resolver o problema específico, já que até no filme é relatado sobre a propina que os policiais recebem com o trafico.
    3- Serem mortos ou presos.
    4- Por ele ter sido criado em uma favela e por suas músicas falarem sobre a realidade e os problemas nas favelas.
    5- Nunca vi cenas parecida com a do filme. Creio que o aumento de policiamento e o aumento de salário poderia ajudar.
    6- É uma agressão fisica ou moral contra uma pessoa.
    7- As diferenças sociais e a impunidade.
    8- Concordo, no Brasil existe a lentidão no julgamento e a precariedade do sistema criminal que acaba culminando na impunidade.

    ResponderExcluir
  14. Kézia Rayane Nº18 3°MB
    1. Fiquei impressionada com as imagens. è a realidade brasileira vista com outros olhos.

    2. O estado não tem feito nada para mudar essa situação.

    3. Nenhuma perspectiva, pois o que querem é continuar no mundo do trafico .

    4. Ajudou muito ele também ter vivido naquele meio e não querer criticar e sim dar uma visão mais ampla do que realmente acontece!

    5. Nunca presenciei, ficaria em choque.

    6. Violência é um ato ou agressão a outra pessoa com a intenção de intimidar.

    7. A educação precária e as desigualdades sociais.

    8. Sim. a vida não é mais valiosa como era antes, as vezes se mata por pouco. Motivos banais se leva a morte hoje em dia

    ResponderExcluir
  15. Caroline D. Gratão 3ºMB Nº07
    1. Fiquei surpresa, por que não somos acostumados com essa visão. O documentário a parte que eu não conhecia !

    2. Ao meu ver o Estado não tem feito nada para mudar a vida desses jovens!

    3. Alguns pretendem mudar de vida outros só querem continuar no trafico .

    4. O fato dele querer mostrar a realidade e não criticar .

    5. Nunca presenciei cenas assim , acho que ficaria sem reação.

    6. Violência é uma agressão ou ato que intimida outra pessoa

    7. Desigualdades sociais e o desemprego

    8.Concordo. A falta de impunidade e a facilidade de se obter armas só piora a situação do Brasil. Tanto faz morrer ou viver o que importa é o que você tem .
    25 de outubro de 2011 15:56

    ResponderExcluir
  16. Luís Henrique nº27 3ME
    01)Minha primeira reação foi de indignação com toda a realidade mostrada no filme e ainda em relação com as escolhas e a vida dos jovens mostrados.
    02)o estado não esta comprido o seu verdadeiro papel infelizmente é a nossa realidade aqui no Brasil.
    03)alguns não tem perspectiva nem uma já alguns se mostraram enteresado em sair e terem outro tipo de vida.
    04)Por ele ter sido criado em uma favela e por suas músicas falarem da e realidade e dos problemas nas favelas do nosso país.
    05)não felizmente não tive oportunidade de presenciar esses tipos de fatos.
    06)Violência é um comportamento que causa intencionalmente dano ou intimidação moral a outras pessoas como mostra o documentário.
    07)a falta de oportunidade no mercado de trabalho beneficia a violência assim como a desigualdade social.
    08)concordo sim no nosso país é muito fácil conseguir uma arma, drogas ou qualquer coisa que não presta.

    ResponderExcluir
  17. Ezio Santos nº 11 3ºME

    1- As imagens impressionam, a vida no crime é assustadora, muito violenta e praticamente sem chance de reabilitação social.

    2- O estado sempre visa a melhoria da sociedade, mas seu posicionamento a respeito não tem sido efetivo, principalmente nas favelas dominadas pelo tráfico.

    3- Se não forem retiradas do ambiente do crime suas perspectivas de vida são quase nulas, pois sem ajuda eles não consiguiram ter um futuro digno.

    4- O fato dele ter vindo de uma favela, ter nascido em um lugar como esse e ter vivenciado o dia-a-dia dos morros e periferias. Trazendo isso em suas letras de RAP. Por isso seu acesso a essa realidade.

    5- Nunca presenciei, mas sempre ouço falar ou vejo na internet ou TV. Minha reção é de insegurança. Várias ações poderiam ser tomadas entre elas o aumento do policiamento ostensivo.

    6- Violência, em sentido amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de comportamentos que visem causar dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. Nega-se autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violentia (que por sua vez deriva de vis, força, vigor); aplicacação de força, vigor, contra qualquer coisa ou ente.

    7- Tráfico de drogas, impunidade.

    8- Sim, a falta de impunidade e a facilidade de se obter armas só piora a situação do Brasil. Tanto faz morrer ou viver o que importa é o que você tem.

    ResponderExcluir
  18. Nome:Jassiaria da Silva Miranda
    Serie:3°MK N°17

    Respostas:
    1)eu fiquei impressionada com as imagens que sao muito fortes,e ao mesmo tempo indignada,mesmo sabendo que essa realidade do nosso país.

    2)Estado tem investido em açoes para combater tamanha violencia nas favelas,mas esta deichando a desejar,porque deveria esta investindo em educaçao de qualidade,programas que incentivem os jovens a estudar.

    3)Nenhuma,pois a maioria dos jovens nao pretende sair do trafico,porque nao tem nenhum incentivo para sair dessa vida.

    4)Por ele ter vivido em em uma favela,e a suas musicas que sao bastante ouvidas nas favelas.

    5)Nunca presenciei cenas do tipo,mas ja vi grupos de traficantes repassando drogas para outras pessoas inclusive teve uma operaçao da policia para tentar coibir o trafico na regiao que por sinal deu certo,hoje ja nao é mais como antes.

    6)Violencia é o desrrespeito a lei,as normas e á outra pessoa qualquer,é o ato de agredir as pessoas,de intimidar e o abuso.

    7)E a falta de educacao,oportunidade no mercado de emprego e o proprio incentivo do governo.

    8)Sim,a crueldade sempre existiu.È muito facil conseguir armas e drogas.

    ResponderExcluir
  19. Jùnio Rodrigues 3ºMO

    1 ) São imagens que deixam qualquer ser humano assustado e tristes de certa forma, pois percebemos uma realidade ista em nosso país.
    2 ) Infelizmente a participação do Estado não é efetiva em relação a violência, eles deixam a desejar em várias situações. Um exemplo disso no filme é quando os policiais recebem propinas dos traficantes.
    3 ) Além da prisão e da morte eles não tem um outro destino de melhor qualidade.
    4 ) Por ele viver no ambiente dos jovens já facilita o acesso e sem contar várias casas de reabilitaçâo q ele visita no Brasil tentando ajudar esses adolescentes a ter uma vida melhor.
    5 ) Aqui já ocorreu isso só que nunca presenciei, mas minha reação na primeira visão eu ficaria surpreso mesmo sabendo que isso acontece. Acho que várias ações devem ser realizadas mais a base é ter um bom patrulhamento policial.
    6 ) Pra mim é o uso de qualquer tipo de palavra ou ação que uma pessoa ou que um grupo de pessoas praticam com o seu próximo.
    7 ) O fácil acesso a armas, drogas e tráficos levam muitas pessoas a criminalidade, além da grande facilidade de obter dinheiro com a venda de armas e etc..
    8 )sim, pois a impunidade nos crimes e a facilidade em adquirir armas no Brasil são frequentes.

    ResponderExcluir
  20. Nome: Raissa Góis Barbosa Nº36
    Turma: 3ºMM

    1) Espanto, pois é uma realidade que sabemos que existe, mas que nunca foi mostrada dessa maneira.

    2) O Estado tem tentado combater a criminalidade com ONG’s, cultura e entretenimento pros moradores da favela.

    3) Alguns desejam sair da vida do tráfico assim que puderem, outros se conformam pois é a única maneira de sustentar a família e ainda tem os que acham esse tipo de vida legal.

    4) O fato de ele ser rapper e saber sobre como são as coisas lá.

    5) Não, nunca presenciei cenas como as mostradas no documentário. Minha reação seria de pânico. Maior policiamento nas ruas.

    6) Violência é a utilização de força com objetivo de destruir ou provocar danos em outra pessoa ou em alguma coisa.

    7) Outras causas são a falta de oportunidades para estudar e trabalhar e a falta de penalidades na justiça.

    8) Concordo. No Brasil a impunidade para que comete crimes não acontece, basta ter dinheiro e pagar uma fiança que é esquecido o que foi feito.

    ResponderExcluir
  21. Nome: Igor de Oliveira Santos Nº: 16
    Turma: 3º m "O"

    1-) Primeiramente achei as imagens interessantes, pois mostram a realidade do nosso país que cada vez mais aumenta sua indiferença as sociedades menos favorecidas. Fazendo com que a favela apenas seja um problema deles não nosso. Mas nós devemos olhar o lado das pessoas que não praticam coisas erradas e estão inseridos erroneamente nesse grupo.

    2-) O governo brasileiro "tenta" impedir a criminalidade nas principais cidades do Brasil. Mas a questão não é só o que o estado tem feito para diminuir a criminalidade no Brasil, mas como isso tem ajudado a desviar o caminho da criminalidade para um caminho de educação. Os projetos ajudam na educação cultural do cidadão, sem dúvida as favelas são esquecidas pela maioria da população, que apenas pensa que na favela há apenas criminosos e esquecem dos inocentes.

    3-) Como os jovens que moram na favela aprendem desde pequenos a vida do crime e da droga. Alguns veem aquilo como um erro, mas outros acham muito interessante e começam a vida de crime desde a adolescência com o intuito de ganhar muito dinheiro e conseguir sucesso com as "piriguetes" ou 'mulher de malandro". Apenas dois destinos estão certos a eles que são a prisão e a morte, pois ele não tem umas perspectiva futura.

    4-) A possibilidade de filmar o que acontecia na favela era por que o MV BILL antes da vida de rapper vivia em uma favela e seus raps contam muitas coisas que tem relação com a vida na favela.

    5-) Eu infelizmente já presenciei uma morte perto de minha residencia. No momento eu fiquei um pouco em choque, mas depois eu vi que o ocorrido era por divida de drogas. Acho que o patrulhamento de policiais diariamente e a noite também. Mas não adianta termos patrulhamento se não temos policiais justos que cumprem o dever de defender a sociedade. Precisamos de maiores revistas em ruas e becos que a noite podem ser fruto de trafico e consumo de drogas.

    6-) Na minha opinião violência é a utilização de meios tantos físicos quanto morais para agredir e prejudicar um outro individuo, fazendo com que a pessoa que impõe a violência não abra meios que a vítima não possa se defender.

    7-) A criminalidade não é apenas pelo fato de ser miserável, pois muitas pessoas vivem em condições minimas e trabalham honestamente e seus filhos estudam. A criminalidade pode ser por outras razões como por exemplo: a falta de reconhecimento de cidadão pela sociedade, a falta de oportunidade de estudo, discriminação por outras pessoas, falta de empregos (pelo fato de que a pessoa não tem qualificação, o fácil ganho de dinheiro com assaltos e "arrastões", o tráfico de drogas não só de pessoas que não possuem dinheiro, mas sim de pessoas que moram em casas luxuosas e possuem "escravos" do tráfico. O acesso as armas de fogo é muito fácil e faz com que a criminalidade aumente cada vez mais.

    8-) Concordo plenamente, pois com a impunidade nos julgamentos o crime acaba compensando fazendo com o criminoso não pense mais no limite em que ele pode chegar deixando a criminalidade cada vez maior. Outro motivo é a fácil obtenção de armas pois nas fronteiras brasileiras as pessoas usma de artifícios para passar para nosso território armas que são usadas por policiais e algumas até mais potentes fazendo com que o crime no Brasil compense.

    ResponderExcluir
  22. 1)Assustadoras, porém já é uma realidade que vem acontecendo a muito tempo.

    2)O estado até tem feitos algumas coisas para ajudar a combater este fato, porém não o necessário.

    3)Uns até pensam em abandonar essa vida, outros já querem ser criminosos e se orgulham disso, só que muitas vezes não tem a devida oportunidade de sair desta vida.

    4)O fato dele entender a situação dessas pessoas, pois ele também vem de origem sofrida.

    5)Não, somente presenciei através de jornais e documentários como este, depende da situação eu entraria no meio, ou sairia correndo.

    6)Violência e você agredir uma pessoa ou agir violentamente contra algo com o intuito de ferir, machucar, destruir.

    7)A grande impunidade que ocorre, e a falta de oportunidade para os menos favorecidos.

    8)Concordo, pois no Brasil muitos crimes passam em pune, principalmente quando o acusado é bem favorecido financeiramente, ou tem influências.



    Matheus Felipe N°46 3°MH

    ResponderExcluir
  23. Lisandra Silva Vieira, 3°MF número 28

    1- Espanto e indignação com os governantes.

    2-Nenhuma , estão de braços cruzados deixando a violência rolar.

    3- A morte mais cedo ou mais tarde.

    4-A sua reputação e influencia no meio do rap.

    5-Não

    6- Violência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma,sendo com palavras,agressões e injustiças da sociedade.Todos temos direito de sermos livres de qualquer tipo de violência,porém ainda existem pessoas que sofrem com isso.

    7-Talvez se a educação no Brasil fosse melhor o índice de criminalidade seria menor.
    Falta oportunidades de emprego: se um individuo não tem um emprego fixo e tem o tráfico que é um meio mais fácil de sustentar sua família infelizmente é pra lá que ele vai.

    8-Nos dias de hoje a vida não vale mais nada pois os criminosos não são punidos então saem por ai matando sem dó nem piedade e muitas vezes pessoas inocentes acabam passando no lugar errado na hora errada e são acertados por uma bala perdidae da mesma forma nada acontece.

    ResponderExcluir
  24. 1-Os fatos mostrados no filme impressionam,por causa da vida que eles levam dentro da favela ,se drogando e muitos perdem a vida por conta do tráfico .

    2- A realidade é, o estado tenta mostrar na mídia que querem acabar com o tráfico de drogas, só que as próprias autoridades competentes colaboram com o tráfico, como é mostrado no filme, muitos policiais recebendo dinheiro dos traficantes em troca da liberdade desses jovens traficantes.


    3- A perspectiva deles serão em optar mais pela vida do crime ,por falta de oportunidades


    4- no meu ponto de vista MV-BILL teve acesso por causa da musica que ele canta, que é a realidade dentro da favela.


    5- É muito comum ver algumas das coisas relatadas no documentário em todos os lugares . mais infelizmente não podemos fazer nada .

    6- As populações mais pobres optam pela violência por falta de opção.

    7-por conta do desemprego da educação e de medidas sócio educativas para jovens infratores.

    8- Enquanto o país não mudar com a desigualdade social, sempre vai ocorrer crimes.


    Nome: Thyago santos Matos

    3° MM
    N°42

    ResponderExcluir
  25. Danyela de França nº:10 3º MI

    1-Espanto,pois retrata melhor a realidade.

    2-O Estado está tentando acabar com o tráfico,fazendo operações com polícia especializada para acabar com o tráfico de drogas,o governo está investindo pouco para redes de tratamento de dependentes químicos,mas mesmo assim falta muita coisa.

    3-Perspectiva de baixa,porque muitos querem sair dessa vida de traficante,acabam não conseguindo,acabem ficando no meio de tiroteios com a polícia e assim arriscando a vida.

    4-Pelo fato de ser rapper,ter contato com alguma ONG.

    5-Já.Minha reação é de tristeza,só de pensar como o mundo está perdido.Seria muito bom montar instituições q ajudasse esses jovens para sair dessa vida de criminalidade,incentivando ao esporte e estudo.

    6-É um ato de prejudicar,agredir outra pessoa.

    7-Pelo fato de ser pobre ,não conseguir arrumar emprego bom,que pague um bom salário,as pessoas preferem entrar para o tráfico ,porque ganha dinheiro mais rápido,outra situação é falta de incentivo aos jovens á estudar,a maioria dos jovens não tem estrutura familiar,não tem pessoas para orientá-los.

    8-Sim.Pois o acesso á armas é muito grande,por isso indica aumento de mortes,o governo deve investir em campanhas contra o uso de armas e violência,a maioria usa a violência por qualquer motivo.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. 1)Que é um fato comun entre comunidades , bairro e favelas pobres do Brasil pra que ñ é acostumado é diferente de ver, mas é uma realidade que ja é muito velha nesse país.

    2)O estado tenta combater o trafico a violência e tudo mais , mas eu acho que falta muita mais iniciativa, os policiais coruptos so ajudam a continuar com esse descaso.

    3)perspeciva de muitas é ser "bandido" como relata um dos garotos no filme , a falta de ajuda a esses adolescente , projetos sociais que os livrem da drogas e das ruas seria uma boa espctativa pra esses jovens mas infelizmente naõ ha nenhuma a não ser a do mundo das drogas.

    4)MV BILL Teve acesso pq ele é reconhecido nas favelas e comunidades com suas musicas que falam do que eles vivem ali.

    5)Não so onde eu vivo mais em todos os lugares nos so esperamos que a justiça seja feita.

    6)Vioência é tudo aquilo que fere uma pessoa independete de agressão fisca , psicologica e emocional . A violência pode destruir muitas vidas.

    7)Desinteresse de muitos , a educação podia ser melhor procurar insentivar muitos adolescente ai jogados pelas ruas , pemsar também nas pessoas carentes que naõ tiveram chances de estudo na vida.

    8)CONCORDO
    1°Falta de leis pra jovens adolescentes maiores de 16 anos.Quando existirem leis mais rígidas pra essa faixa etária com certeza vai diminuir a violência. E não me venha falar que a pobreza é a culpada, pois é um absurdo vermos jovens das classes média e alta praticando atos violentos.

    2ºÀ primeira vista, ainda ecoando a intensa campanha promovida pela mídia e pelas auto-intituladas "organizações representantes da sociedade civil", parece que a intenção governamental é meritória.

    NOME:Welis Júnio R. dos Santos
    Nº:43
    TURMA:3ºMM

    ResponderExcluir
  28. LARYSSA CEZAR DOS SANTOS 3°MF N°25
    1. A primeira vista causa muito espanto, pois, é a realidade brasileira mostrada com outros olhos.
    2. O Estado tem tentado ajudar pessoas promovendo programas que beneficiem jovens através do esporte, lazer e cultura e programas de bolsa-família ajudando as famílias.
    3. Alguns desejam sair da vida do tráfico assim que puderem, outros se conformam pois é a única maneira de sustentar a família e ainda tem outros que já adotaram esse estilo de vida e não desejam mudança.
    4. Por ele ter sido criado em uma favela e por suas músicas falarem sobre a realidade e os problemas nas favelas.
    5. Não. Mas se ocorresse o primeiro meio seria a policia, mas com investimento governamental não existiria isso.
    6. É um ato usado para intimidar ou ferir uma pessoa tanto verbalmente quanto fisicamente.
    7. Educação precária e falta de Segurança.
    8. Concordo. Em uma sociedade desestruturada, onde ricos ficam cada vez mais ricos e pobre cada vez mais esquecidos, talvez não seja o termo correto mais com uma sociedade mais ambiciosa em um pais com elevado índice de impunidade essas taxas de crimes vão com certeza aumentar a cada ano.

    ResponderExcluir
  29. Respostas

    1) Não me choquei muito não, pois essa é a realidade do Brasil!
    2) Acredito que eles tentam fazer alguma coisa, mas como foi visto no vídeo, se tem policiais corruptos, pode ter certeza que terá políticos também.
    3) Alguns gostariam de sair daquela vida, outros já nem pensavam nisso.
    4) Por ser o MV Bill, pois, acredito eu que a maioria ali gostava das músicas dele e também, porque acreditavam que o documentário dele ia mostrar a realidade deles no morro, como uma forma de PROTESTO.
    5) Nunca presencie; Não sei qual seria minha reação; O governo dá mais chance para essas pessoas e o povo querer mudar também, porque não adianta nada só o governo fazer alguma coisa.
    6) Violência é um comportamento que as pessoas têm, em relação à uma ação, ou palavra, que de outra pessoa.
    7) Drogas e revolta com as atitudes das pessoas.
    8) Com relação aos meninos do documentário, eu concordo. Porque pra eles tem coisas bem piores do que viver e morrer. Como exemplo serem presos ou ficar deficientes físicos

    JÉSSICA ARETZ C. R. DA SILVA Nº18 3ºMM

    ResponderExcluir
  30. 01- De espanto diante daquelas imagens fortes de crianças se drogando e vendendo drogas e daquelas pessoas que arriscam suas vidas para venderem drogas!
    02- O Estado procura ajudar, mais muitas dessas pessoas não se importa com essas ajudas como vimos no documentário, muitas pessoas preferem viver na vida do tráfico.
    03- A perspectiva é pouca, pois a própria criança fala que quer ser um bandido quando crescer.
    04- Acho que pelo fato de ele ser um rapper ajudou muito, pois esse estilo musical é muito presente nas favelas, eu acho que com isso os entrevistados no documentário se sentiram mais seguros.
    05- Nunca presenciei, acho que o aumento de policiais nas ruas ajudaria bastante.
    06- Violência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma, sendo com palavras, agressões e injustiças da sociedade.
    07- Desigualdade social e fácil acesso a armas e drogas...
    08- Concordo. A falta de impunidade e a facilidade de se obter armas e drogas ea falta de investimento na segurança só piora a situação do Brasil.
    MITSON BRUNO N°:30 TURMA:3°MH

    ResponderExcluir
  31. Niquiel R. Matosinho Nº29 3ºMB
    1) A minha Primeira reação foi de pena, pois pessoas que entram nessa vida de drogas nunca mais saem dela.( tirando exceções).
    2) Percebe-se que o governo está tentando pacificar algumas favelas mas, mesmo assim a violência é inevital .
    3) Muitas crianças tem perspectivas de “virar traficante” pensando que isso é o melhor e ate mesmo pelo fato de estarem inseridas numa comunidade onde não resta outra coisa,senão o caminho das Drogas. Já os Jovens não tem perspectiva, muitos sabem que o destino ou é a cadeia ou é a morte.
    4) Acredito que é pelo fato de ele ser um cantor de rap, um estilo presente nas favelas. Além disso , pelo fato de ele ter vindo de uma favela, logo ele é conhece a realidade presente na mesma.
    5) Nunca vi, porem é comum passar nos noticiários essas lamentáveis cenas.
    6) Vioência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma,sendo com palavras,agressões e injustiças da sociedade..
    7) Falta de Oportunidades, desigualdades sociais e principalmente a falta de investimento em educação.
    8) Sim, pois no Brasil existe uma facilidade se obter armas e Drogas. Além do mais , a impunidade é cada vez mais presente.

    ResponderExcluir
  32. Willy Kelvim - 3ºMF - nº 43

    1-) Foi de espanto, por ver a falta de oportunidade daquelas pessoas, e vendo-as se afundando cada vez mais no mundo das drogas.

    2-) O estado tem tentado ajudar de varias formas, com ONG's, UPAs e varios projetos direcionados às favelas.

    3-) Eles queriam sair, mas nao encontravam ajuda para sair daquele mundo.

    4-) O fato de ele ser respeitado em comunidades pela sua música, o MV Bill tem mtos fãs naquele meio.

    5-) Nunca presenciei nada parecido.

    6-) É o ato de prejudicar ou causar algum tipo de dano ao próximo.

    7-) A enorme falta de destribuição de renda e a falta dos pilares básicos para uma sociedade (Educação, saúde, segurança, etc.)

    8-) Concordo. Essa violência existe porque o Brasil tem uma péssima distribuição de renda, e a unica forma de essas pessoas se sustentarem é atraves de drogas e assaltos, por eles não terem informação e um péssima educação ele não tem nenhuma aceitação na sociedade q está cada vez mais exigente.

    ResponderExcluir
  33. Jean Carlos Gonçalves Barbosa N14
    1) A primeira reação é de espanto, pois eu sabia que as coisas eram dificil, mas não tanto quanto mostrado no filme.
    2)O estado tenta acabar com o trafico, mas muito falta a ser feito, falta projetos que favoreça os mais desamparados.
    3)A perspectiva de vida deles é muito baixa, pois desde criança já portam uma arma e já se envolve em tiroteios, então logo já se expoem a risco de vida.
    4)O que possibilitou o acesso do MV Bill a essas imagens foi a "musica" que ele compoe, pois fala da realidade que mostra e tbm, acho, que pelos amigos que ele tem.
    5)Não igual mostra no filme, mas já vi cenas parecidas com a do filme, mas no momento não pude fazer nada diante dos fatos.
    6)Educação e Segurança
    7)a falta de recurso basicos para a sociedade... educação, segurança etc
    8) Concordo Porque pra eles tem coisas bem piores do que viver e morrer. Como exemplo serem presos ou ficar deficientes físico

    ResponderExcluir
  34. Maria Keyla Lima de Almeida N°: 27

    1- De constrangimento , sabia que as coisas eram dificil mais nao sabia que era tanto assim.

    2- Eles tentão ajuda as pessoas menos favorecidas , mais ainda não é o bastante tem muita violencia porai ainda .

    3- O futuro delas no documentario é a violencia , o trafico e futuramente a morte como todos que entram nessa vida .

    4- foi por ele cantar um estilo de música que é comum nas favelas e por ele colocar nas letras das músicas a realidade que se passa na vida desses jovens, e também por ele participar de varias ONGS.

    5- Não. Ficaria aterrorizada ,mais no mundo em que vivemos o povo já acham comum e não fazem nada , para ajudar esses jovens e crianças , acho que ajudaria e muito se tiver mais emprego e cursos gratis para essas crianças e jovens . Assim ocupando o tempo deles para eles sairem da rua e nao entrarem nessa vida de criminalidade.

    ResponderExcluir
  35. Thomas Santos 3MD

    1)A realidade do morro no Rio de janeiro e aquela eu já tinha uma noção a poucos metros dali Existe um paradoxo total de uma "cidade maravilhosa"

    2)Pode ter dado uma micro amenizada pois a situação econômica do pais nos últimos 8 anos mudou.Mas indubitavelmente a situação ainda e aterrorizante e o trafico ta ai mais fácil que comprar banana no mercado

    3)O trabalho do Mv bill um raper que em suas musicas fala muito sobre a situação e a desigualdade social racial entre outros preconceitos

    4)Felizmente onde eu moro a situação não e a esse ponto.E o que DEVE ser feito projetos sociais comando e investido pelo governo

    ResponderExcluir
  36. Mario Lopes dos Santos Filho N° 31 3° MF

    01) Diante dos fatos mostrados no documentário, qual foi a sua primeira reação as imagens?

    R- Minha primeira reação, foi prestar mais atenção no documentário,pois, não sabia que a realidade nas favelas era pior que o imaginado.

    02) A violência tornou-se rotina na vida dos brasileiros, principalmente os menos favorecidos economicamente. Qual tem sido o posicionamento do Estado em relação a tal situação?

    R- O governo em algumas vezes, tenta ajudar essas pessoas com esportes, musica, cultura e campanhas. Mas infelizmente, alguns jovens não saem do trafico e em algumas hipóteses acabam influenciando outras pessoas.

    03) Quais são as perspectivas de futuro dos jovens ou crianças mostradas no documentário?

    R- Algumas querem sair do trafico, outros querem continuar. Mas o que esses jovens precisam é de força de vontade deles e uma ajuda governamental.

    04) MV BILL teve acesso a uma realidade que comumente não é mostrada nos meios de comunicações, na sua opinião o que possibilitou a ele esse acesso?

    R- MV Bill é um musico muito conhecido não só pela região das favelas, mais sim pelo Brasil. A maioria daquelas pessoas da favela conhecem e admiram o MV Bill por em suas musicas a maioria das vezes retratar a realidade não só das favelas mais mais sim, da sociedade.

    05) Na comunidade em que você mora, já teve oportunidade de presenciar cenas violentas que remonta ao filme? Qual a sua reação diante de tais fatos? Alguma ação poderia ser feita para que tal fato não ocorresse?

    R- Nunca presenciei algum fato que se relacione com filme. Mas tudo tem o seu controle basta saber manusear a situação.

    06. Um dos problemas mais graves vividos pelas populações dos países mais pobres é a violência (principalmente nos grandes centros urbanos).
    O que é violência?

    R- Violência são ações que prejudicam as pessoas sendo com agressões físicas ou verbais, injustiças, etc.


    07. O aumento atual da criminalidade no Brasil ainda é devido ao grande percentual de miseráveis em nossa sociedade.
    Contra-argumente, indicando duas outras causas para o elevado índice de criminalidade no Brasil.

    R- Falta de renda e educação das familias e do governo, que são os principais motivos para vida no trafico.


    08. O SOCIÓLOGO JULIO JACOBO WAISELFISZ, de 68 anos, estuda a criminalidade brasileira há mais de uma década. Argentino, ele está no país há 30 anos.

    R- Concordo. Em uma sociedade desestruturada, onde ricos ficam cada vez mais ricos e pobre cada vez mais esquecidos, talvez não seja o termo correto mais com uma sociedade mais ambiciosa em um pais com elevado índice de impunidade essas taxas de crimes vão com certeza aumentar a cada ano.

    ResponderExcluir
  37. nome:Andreina Maria/n°03/série turma:3MH.

    1-Da grande desigualdade social que é bem frequente no Brasil.

    2-O estado tem tentado mudar essa realidade mais muito ainda precisa ser feito em relação ao tráfico de drogas e a violencia presente em todo o país.

    3-Muitos mostrados no documentari tem uma grande vontade de sair da vida do crime,mais muitos não pois tem um pensamento muito fechado pelo fato de estae sempre envolvido naquela realidade.

    4-Pelo fato do REP ter vindo daquela realidade por ter visto muita coisa com isso ele quis mostra isso para a sociedade.

    5-Não.nunca presenciei nada parecido com nada mostrado no documentario.Sim pode fazer mais ação nas comunidades de esporte,cultuta e educação.

    ResponderExcluir
  38. SIMONE GABRIELA FERREIRA DOS SANTOS 3°MM N° 39
    1) A PRIMEIRA REAÇÃO QUE TIVE FOI DE ESPANTO. APESAR DO QUE FOI MOSTRADO NÃO SER NENHUMA NOVIDADE.
    2)DE TOTAL ABANDONO, POIS ELES IGNORAM O FATO DESSA SITUAÇÕ VIVIDA POR MUITOS BRASILEROS SER DE GRANDE PARTYE CULPA DELES.
    3)PROVELMENTE SEM NENHUMA EXPECTATIVA, POIS MUITOS VIERAM DE UMA FAMÍLIA DESESTRUTURADA. SEM BASE EDUCACIONAL E NENHUMA EXPECTATIVA PRO FUTURO, TOTALMENTE DESMOTIVADOS.
    4)PROPORCIONOU A ELE APORTUNIDADE VER OUTRO LADO DA MOEDA, O LADO DE UM BRASIL TOTALMENTE REAL SEM MÁSCARAS.
    5) NÃO TIVE O DESPRAZER DE VIVENCIAR REALIDADES TÃO DURAS COMO ESSA MAS SEMPRE TIVE A CONSCIÊNCIA DE QUE ESTA REALIDADE ACONTECE TODOS OS DIAS. MAS JÁ TIVE EXEMPLOS DE VIZINHOS QUE SE ENVOLVERAL NO MUNDO DA CRIMINALIDADE CEDO, POR MOTIVOS SEMELHANTES.

    ResponderExcluir
  39. EDSON JÚNIO 3º MF Nº;08

    1- A primeira reação é bastante socante.
    2-Alguns governos tentam lutar contra essa violencia, e outros que fazem vista grossa, pois fecham os olhos para os problemas entao ai deixa o crime agir, porque muitas vezes os policias saem beneficiados com a violencia.
    3-Alguns tem de morrer naquela situação, pois acham dificil a saída do crime, porque nao tem apoio de familia e amigos, outros querem sair, mas nao conseguem.
    4- O faato dele ser cantos de rap, e retratar na maioria das letras a realidade das favelas, e ai pode passar uma confiança.
    5-Até hoje não, mas daqui pra frente acho que vai ser mas frequente.
    6-Violência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma,sendo com palavras,agressões e injustiças da sociedade.Todos temos direito de sermos livres de qualquer tipo de violência,porém ainda existem pessoas que sofrem com isso.
    7-A impunidade e a Política do pais , seriam as outras causas de índice elevados de criminalidade que seguem lado a lado , no caso da impunidade os criminosos cada vez mais livres e as vitimas esquecidas , resultado de uma política mais individualista do que social.
    8-Sim,pois a crueldade sempre existiu,pois conseguir armas neste pais é muito fácil, o governo deve investir em campanhas, e o crime nunca acabara mais pode ser tornar algo raro.

    ResponderExcluir
  40. 1)A foi uma reação normal, pois isso que é mostrado la é a realidade de muitas comunidades.
    2)Em muitos casos eles não tão nem ai pois acham que não é um problema deles,mas na verdade eles são os verdadeiros culpados,e ainda tem os policiais coruptos so ajudam a continuar com esse descaso.
    3)Alguns pensam em ter um futuro digno sair daquela situação e começar uma vida nova.
    4)Ser bastante conhecido nas favelas do Brasil com suas musicas que contam a realidade de muitos nas comunidades.
    5)Nunca presenciei atos violentos.Mas espero que nas comunidades carentes sejam feitas algumas coisa para melhorar a vida das pessoas que necessitam.
    6)Violência violência é a ação ou efeito de violentar, de empregar força física (contra alguém ou algo) ou intimidação moral contra (alguém); ato violento, crueldade, força.
    7)O desinteresse do estado por muitas partes, e as drogas que chegam muito facil nas favelas.
    8)Sim pois os índices de criminalidade esta muito alta. Primeira:Falta de leis pra jovens adolescentes maiores de 16 anos.Quando existirem leis mais rígidas pra essa faixa etária com certeza vai diminuir a violência. E não me venha falar que a pobreza é a culpada, pois é um absurdo vermos jovens das classes média e alta praticando atos violentos.
    Segunda:À primeira vista, ainda ecoando a intensa campanha promovida pela mídia e pelas auto-intituladas "organizações representantes da sociedade civil", parece que a intenção governamental é meritória.

    Paulo Sérgio Rocha Pastor. Nº33 3MM.

    ResponderExcluir
  41. 01)Fiquei assustada ao ver o modo como aqueles meninos vivem.Perplexa ao ver como eles colocam suas vidas em risco em troca de drogas e dinheiro do tráfico.

    02)Acredito que é grande o esforço do Estado a esse respeito. É comum ver ações do governos em favelas, levando musica e esporte até os jovens das comunidades.

    03)Eles não têm perspectiva alguma de vida. No filme existem crianças que dizem querer ser bandidos quando crescer!

    04)O fato dele ser um rap, que é um estilo muito presente nas favelas. É como se os bandidos tivessem confiança nele por ele ser um rap e retratar em suas musicas como é a vida dos jovens da favela.

    05)Sim, é comum ver crianças e adolescentes se drogando e portando armas. Eu fico assustada ao ver como essas pessoas se entregam ao vício e as coisas fora da lei. Eu acredito que já é feito, existem operações da policia para recolher essas pessoas usuárias de drogas dos centros das cidades. Mas o governo deveria investir mais nisso.

    Nome: Ana Beatriz da Silva N°:05 3°MM

    ResponderExcluir
  42. 01)A reação que a maioria tem, de tristeza por saber que essas pessoas poderiam estar estudando ou até mesmo tendo uma vida digna, sem ter que precisar trabalhar com pessoas que não serão boa pra elas no futuro.

    02)Nenhum, pois o estado finge que não vê tal descaso com essas pessoas, sendo que as mesmas são como nós.
    03)Essas pessoas não tem nenhuma perspectiva de vida, pois o governo não oferece a eles um lugar melhor, um trabalho digno, eles só querem saber de matar essas pessoas, que as vezes só estão no tráfico por falta de opção.
    04)Acho que as pessoas decidiram mostrar a ele o que acontece dentro das favelas, para vê se alguém se manifesta a ajuda-los ou até mesmo tira-los daquele lugar,pois ele conheçe essas pessoas e sabem o que elas vivem todo dia.
    05)Sim,a minha reação é sempre a pior, pois você vê uma pessoa se drogando,caída no chão, e as pessoas passarem por cima dela e fingir que nem existe, é muito ruim as vezes não imaginamos mais com certeza aquelas pessoas começaram a se drogar para não sentir frio , não sentir fome.As ações já foram feitas , como montarem casas para abrigar essas pessoas ,mais a maioria delas preferem ficar na rua, pois terá mais liberdade de fazer o que bem intender.
    06)Violencia é você não respeitar ao proximo por algumas divergencias entre vocês,e ao nao respeitar cometer o ato de violentar a mesma por algum motivo Fútil.
    07)A falta de empregos para os necessitados, e descaso político ao fechar os olhos para tantos erros.
    08)Concordo, pois a cadeia não mudará a pessoa, La dentro ela será a mesma só que convivendo com pessoas iguais a ela.Dentro da cadeia é só um tempo a mais estudando como ser crimonoso no mundo.

    NOME: ÍNGRID DHAMARES 3º MJ CEMAB numero: 16

    ResponderExcluir
  43. Nome: Gabriel dos Santos Costa / Número: 11
    Serie/Turma: 3º "MM"

    QUESTÕES

    01)As imagens impressionam, a vida no crime é assustadora, muito violenta e praticamente sem chance de reabilitação social.

    02)O estado sempre visa a melhoria da sociedade, mas seu posicionamento a respeito não tem sido efetivo, principalmente nas favelas dominadas pelo tráfico.

    03)Se não forem retiradas do ambiente do crime suas perspectivas de vida são quase nulas, pois sem ajuda eles não conseguiram ter um futuro digno.

    04)O que possibilitou o MV BILL a ter acesso, foi por ele cantar um estilo de música que é comum nas favelas e por ele colocar nas letras das músicas a realidade que se passa na vida desses jovens, e também por ele participar de varias ONGS.

    05)Nunca presenciei cenas assim, acho que ficaria sem reação.

    06)Violência, em sentido amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de comportamentos que visem causar dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. Nega-se autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violentia (que por sua vez deriva de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa ou ente.

    07)É a falta de educação ,oportunidade no mercado de trabalho e o próprio incentivo do governo.

    08)Sim, a crueldade sempre existiu. É muito fácil conseguir armas e drogas.

    ResponderExcluir
  44. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  45. Myllene Alves 3ºMJ numero 28
    1)Não surpreendeu muito por que o assunto que ele indicava já está presente todos os dias no nosso cotidiano, o filme não trazia algo novo.
    2)O governo não se interessa muito nessas pessoas, pro governo essas pessoas são como "o zero a esquerda" quase não se vê ninguém se mobilizando por essas pessoas.
    3)Muitos são presos, muitos mortos, mais se uns deles se tiverem muita força de vontade podem sair desse mundo.
    4)Ele canta musicas relacionadas á isso, então a aceitação dele na favela é bem mais do que um gringo aparecer por lá.
    5)Já vi muitos meninos no centro de Brasilia usando drogas, é meio triste a realidade deles, e tudo muito sofrido, mas muitos deles podem mudar de vida só que escolhem a "da rua" pois pra eles é mais divertido. E acho que poderia ser evitado se o governo criasse programas para todos, pode até existirem alguns mais não tem vagas ou tem muito preconceito e eles não são aceitos, acho que tem muito preconceito na sociedade.
    6) Violência é a violação dos direitos individuais dos cidadãos.
    7)O desemprego e a falta de educação básica.
    8)O Brasil tinha que melhorar isso ai. muitos criminosos matam, roubam por que no País é essa palhaçada, ninguém é punido por nada, então muitos criminosos fazem isso por conhecer que no Brasil não se paga pelo que faz.

    ResponderExcluir
  46. Nome: RAFAEL RODRIGUES DE ANDRADE / Número: 35
    SERIE/TURMA: 3º "MM"

    Questionario

    1-São imagens que deixam qualquer ser humano assustado e tristes de certa forma, pois percebemos uma realidade em nosso país.

    2-Infelizmente a participação do Estado não é efetiva em relação a violência, eles deixam a desejar em várias situações. Um exemplo disso no filme é quando os policiais recebem propinas dos traficantes.

    3-Além da prisão e da morte eles não tem um outro destino de melhor qualidade.

    4-Por ele viver no ambiente dos jovens já facilita o acesso e sem contar várias casas de reabilitação q ele visita no Brasil tentando ajudar esses adolescentes a ter uma vida melhor.

    5-Eu infelizmente já presenciei uma morte perto de minha residência. No momento eu fiquei um pouco em choque, mas depois eu vi que o ocorrido era por divida de drogas. Acho que o patrulhamento de policiais diariamente e a noite também. Mas não adianta termos patrulhamento se não temos policiais justos que cumprem o dever de defender a sociedade. Precisamos de maiores revistas em ruas e becos que a noite pode ser fruto de trafico e consumo de drogas.

    6-Na minha opinião violência é a utilização de meios tantos físicos quanto morais para agredir e prejudicar um outro individuo, fazendo com que a pessoa que impõe a violência não abra meios que a vítima não possa se defender.

    7-A grande impunidade que ocorre, e a falta de oportunidade para os menos favorecidos.

    8-Sim. Pois o acesso á armas é muito grande, por isso indica aumento de mortes, o governo deve investir em campanhas contra o uso de armas e violência, a maioria usa a violência por qualquer motivo.

    ResponderExcluir
  47. Caroliny Marinho / nº 05 / 3º MF

    1. De espanto e tristeza, pois é a realidade brasileira mostrada com outros olhos.
    2.O Estado fechou os olhos diante da realidade dos jovens das favelas, e quando sentem a situação piorando, tentam "camuflar" com algo que dê lazer a sociedade.
    3. Se não forem tirados do ambiente do crime suas perspectivas de vida são quase nulas, pois sem ajuda eles não conseguirão ter um futuro digno.
    4. O fato dele entender a situação dessas pessoas, pois já viveu em favelas tempos atrás.
    5. Nunca presenciei, mas sempre ouço falar ou vejo na internet ou TV. Minha reção é de insegurança e medo.
    6. É um ato usado para intimidar ou ferir uma pessoa, tanto verbalmente quanto fisicamente.
    7. Desigualdade social e desemprego.
    8. Concordo. Com uma sociedade tão ambiciosa e em um país com elevado índice de impunidade, essas taxas de crimes vão com certeza aumentar a cada ano.

    ResponderExcluir
  48. Yures Rodrigues Turma:3° MK

    Respostas
    1)Apesar de saber que tudo que foi mostrado no documentário acontece todos os dias deixa qualquer chocado com esse realidade do nosso país, isso acontece devido não ser mostrado diariamente com é uma novela por exemplo as autoridades do país buscam abafar esse realidade.

    2)Estado tem investido em açoes para combater tamanha violencia nas favelas,mas esta deichando a desejar,porque deveria esta investindo em educaçao de qualidade,programas que incentivem os jovens a estudar.

    3)Nenhuma,pois a maioria dos jovens nao pretende sair do trafico,porque nao tem nenhum incentivo para sair dessa vida.

    4)Por ele ter vivido em em uma favela,e a suas musicas que sao bastante ouvidas nas favelas.

    5)Nunca presenciei cenas do tipo,mas ja vi grupos de traficantes repassando drogas para outras pessoas inclusive teve uma operaçao da policia para tentar coibir o trafico na regiao que por sinal deu certo,hoje ja nao é mais como antes.

    6)Violencia é o desrrespeito a lei,as normas e á outra pessoa qualquer,é o ato de agredir as pessoas,de intimidar e o abuso.

    7)E a falta de educacao,oportunidade no mercado de emprego e o proprio incentivo do governo.

    8)Sim,a crueldade sempre existiu.È muito facil conseguir armas e drogas

    ResponderExcluir
  49. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  50. Nome: Julianne Lorrany dos Santos de Morais
    Nº 20
    Série/tumar: 3MM

    1) Minha primeira reação foi normal, pois nós vemos essa realidade todos os dias nos jornais, não detalhado quanto no documentario mais ja da para ter uma base.

    2)Pra mim o Estado faz muito pouco pra acabar com o trafico de drogas, não é so subir em morros do Rio de Janeiro e tirar os traficantes de lá, o trafico de drogas é muito mais, no se concentra só no Rio mais em todo o país.

    3) Virar traficante ou dono de boca.

    4) O fato dele ser rapper facilitou muito e o fato dele querer apenas mostrar uma das muito realidades do Brasil, sem criticar e nem sem disfraçar.

    5)Na comunidade em que moro não há cenas como as do documentario. Ações da policia, aumento do salario minino e aumento de oportunidades de emprego poderiam ajudar muito a mudar aquele tipo de situação.

    6)É o desrespeito com os direitos dos outros

    7)

    8)

    ResponderExcluir
  51. Janayna Alves Araujo nº15 3ºM'F'

    1-Bom,as cenas sõ fortes mas não me espantei pois a vida do crime é daquele jeito mesmo e a mídia mostra isso todo dia mas não com tanta clareza.
    2-Na minha opinião, o estado finge que não vê e só faz banalizar a situação e não toma providências para tentar ao menos melhorar.
    3-São as mesmas de quem já está nesta vida, cadeia ou caixão.
    4-É por ele ser um cantor de rap e já conhecer a realidade daquele modo de vida.
    5-Como no filme não, mas tráfico de drogas hoje em dia é visível em qualquer lugar que você esteja e isso porque se tem gente pra vender é porque tem gente que vai atrás pra comprar.
    6-É todo e qualquer ato que possa agredir tanto fisicamente quanto verbalmente quem quer que seja.
    7-Falta de oportunidade de emprego e o preconceito contra negros, ex-presidiários, moradores de favelas, etc.
    8-CONCORDO. Pois hoje a vida não é mais tratada como prioridade e a morte é só uma consequência.

    ResponderExcluir
  52. Eder de França Dias n°:07 3ºMF

    1- A minha reação foi meio que normal, por que a vida dos jovens retratados no documentário já é mostrado a muito tempo e como não a mudança quase que nenhuma e essa realidade esta ai a anos sem sofrer alterações é meio que normal ver esse tipo de coisa acontecer.

    2- Investimentos com certeza tem mas não muito efetivo, o governo precisa investir mais na educação para que as crianças não "sigam" o caminho errado e investir mais em atividades e em ONGs.

    3-Além da prisão e da morte eles não tem um outro destino de melhor qualidade.

    4-Por ele viver no ambiente dos jovens já facilita o acesso e sem contar várias casas de reabilitação q ele visita no Brasil tentando ajudar esses adolescentes a ter uma vida melhor.

    5-Até hoje não, mas daqui pra frente acho que vai ser mas frequente.

    6-Violência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma,sendo com palavras,agressões e injustiças da sociedade.Todos temos direito de sermos livres de qualquer tipo de violência,porém ainda existem pessoas que sofrem com isso.

    7-Pelo fato de ser pobre ,não conseguir arrumar emprego bom,que pague um bom salário,as pessoas preferem entrar para o tráfico ,porque ganha dinheiro mais rápido,outra situação é falta de incentivo aos jovens á estudar,a maioria dos jovens não tem estrutura familiar,não tem pessoas para orientá-los.

    8-Sim.Pois o acesso á armas é muito grande,por isso indica aumento de mortes,o governo deve investir em campanhas contra o uso de armas e violência,a maioria usa a violência por qualquer motivo.

    ResponderExcluir
  53. Nome :Felipe Ferreira Silva N:10 3MM

    1- Supresso, eu até imaginava como era coisas no tráfico por meio da jornais é matérias exibidas pela televisão , quando vir documentário vir que acontecer lá muito pior do que aparecer na televisão .

    2- O estado tentar combater tráfico de drogas na marra montador operações pra invadir favelas, mas o que acontecendo na verdade é troca tiros muitos pessoas mortas por bala perdida, o estado deveria investir mais em projetos sociais dando um apoio para população.

    3-São mínimas porque muitos acabam se envolvendo com trafico é com isso muitos podem morre em confrontos com policia ,ou gangue rival , as crianças sequem no mesmo caminho sendo influenciadas pelo ambiente do trafico assim fazendo elas acreditarem trafico seja uma coisa boa.

    4-Porque ele nasceu na favela ele saber como funciona trafico ele vivenciou tudo isso também ele cantor de rap muito conhecido no Brasil.

    5-Não. Ficaria assustador mas tentaria agir com normalidade fingir que eu não vir nada.

    6- Violência é todas as ações que machucam as pessoas de alguma forma,sendo com palavras,agressões e injustiças da sociedade.

    7-A diferença das classes sociais e a injustiça.

    8-Concordo. Vivemos numa sociedade injusta onde só ricos são favorecidos e os pobres são esquecidos pelo estado . se conformamos com essa situação.

    ResponderExcluir
  54. 1)Me emociona , mas não me surpreende porque sabemos que é aquela realidade das maiorias das periferias .
    2)O governo não toma um posicionamento porque isso não afeta a realidade deles , e com isso a população sofre com o esquecimento .
    3)Eles não tem uma perspectiva de vida , pois sabem que exitem 3 caminhos : a cadeia , morte e cadeira de rodas . No documentário mostra que a maioria morrem antes dos 18 anos .
    4)Ele teve acesso por ser um cantor de rap , por cantar a realidade da favela , ele ganha uma confiança que outra pessoa não teria .
    5)Tem , mas não comparada com a do vídeo . Minha reação é ficar na minha , Se a pena fosse mais rigorosa assim diminuiria a criminalidade .
    6)Violência é um comportamento que causa intencionalmente dano ou intimidação moral a outra pessoa, ser vivo ou dano a quaisquer objectos. Tal comportamento pode invadir a autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado.
    7)A educação , se tivesse uma melhor estrutura assim diminuiria as pessoas alienadas e com isso elas teriam um futuro melhor , e outro motivo é a corrupção . Ela que sustenta o 'sistema' que traz a facilidade para conseguir armas , drogas e etc ..
    8)Sim , a morte é muito banalizada por eles não ter uma perspectiva de vida .
    Rafaella de Sousa Diniz 3ME N°35

    ResponderExcluir
  55. Thiago De Oliveira Dantas N°41 3° MM

    01) Natural, pois isso é algo que já não é novo. Já vem de tempos antigos, e muitas vezes por culpa da própria sociedade e governo.

    02) Acho que o estado não liga para as favelas, pois é um local que é abandonado e as pessoas acabam se refugiando La. Se o estado ligasse, os locais onde estão as favelas, poderiam ser construídas, casas de custo barato ou ate mesma distribuída para essas pessoas, e na própria favela, ser gerado empregos pra as pessoas que hoje são traficantes e criminosos.

    03) Acho que nenhuma perspectiva, pois muitas crianças os próprios sonhos delas são de ser bandidas. A falta de escolas, instituições e locais onde crianças poderiam ser mais instruídas sobre o futuro delas causa acabam sendo a principal causa dessa falta perspectiva de futuro para elas.

    04) A ligação do trabalho dele com essa realidade, pois em muita das musicas dele, ele cita as favelas, a irresponsabilidade do governo e etc. Com isso ele conquistou a confiança desses certos locais, pois ele também já pertenceu a esse ambiente.

    05) No local onde moro não presenciei isso, mas conheço pessoas que moram em locais onde ocorrem muitos crimes, homicídios e etc. Minha reação é, de, me sentir com mãos atadas, pois se as pessoas que moram nesses locais, não lutam para tornar ele melhor não sou só eu que posso conseguir mudar esse e outros locais. Ate existe modos de ser mudado isso, mais como citei, a comunidade inteira tem que se unir e exigir do governo mudanças para que isso ocorra.

    ResponderExcluir
  56. 1-Fiquei Assustado, pois sempre falam nos meios de comunicação, mas quando se vê é mais impressionante.
    2-Esta tentando acabar com o tráfico diretamente, na base da pancada, quando em minha opinião deveria investir na educação e na segurança.
    3-Se não conseguirem sair dessa vida do tráfico, como o próprio documentário diz: É cadeia, cadeira de rodas ou a morte.
    4-O carisma que ele tem, pois suas músicas mostra a realidade que esses jovens vivem.
    5-Já vi algo parecido. Sair de perto. Investir em educação e segurança.
    6-Qualquer força empregada contra a vontade, liberdade ou resistência de pessoa ou coisa.
    7-Educação precária e falta de rigor nas leis. A educação é base de tudo, se não tem uma boa educação qualquer pessoa, independentemente da sua classe social, está suscetível a entrar no mundo do crime. E as leis que são fracas, pois além da demora do julgamento, o tempo que ficam presos os meliantes é pouco.
    8-Sim, pois hoje as pessoas não ligam mais para a vida das outras. Se tornou banal pois já se vê isso nos telejornais e não se assustam mais. As pessoas se acomodaram com isso, como se fosse normal. Então a impunidade aumenta.
    Giovanni Diniz 3ºMM nº14

    ResponderExcluir
  57. Nome:Nairane Soares nº:32 Série/Turma:3ºMH

    1)Eu fiquei surpresa de ver o que esses jovens fazem para sobreviver.

    2)Eu acho que o estado nem liga pro que acontece nas favelas, porque eles só mandam ajuda para dizer que faz alguma coisa nesse país.

    3)Acredito que essas crianças e esses jovens não tem perspectiva de vida, porque eles não conhecem outra realidade a não ser a do que os pais passam para eles.

    4)O que possibilitou ele ter acesso as comunidades foi ele poder falar nas músicas o que se passa na vida dessas pessoas.

    5)Nunca vir algum jovem nessa situação, mais se eu visse eu ficaria muito assustada. Acredito que o governo poderia investir mais para que esse jovens tenham pelo menos uma perspectiva de vida melhor.

    ResponderExcluir
  58. Nome: Jéssica Joice A. Moura Nº: 18 turma: 3ºMF

    (1) as imagens me impressionaram bastante, porém não fugam nada d realidade.

    (2) o estado finge que se preocupa.

    (3) não tem perspectiva nenhuma, pois não tem acesso a educação entre outras coisas e desde cedo dizem que querem ser traficantes quando crescerem.

    (4) oque proporcionou a exposição dessa realidade pelo MV BIL foi as musicas compostas por ele q muitas vezes mostram a realidade daquelas pessoas que se identificam com ele e com suas musicas.

    (5) nunca presenciei esse tipo de cena apesar de saber que ocorre com frequência.

    (6) Violência é um distúrbio de conduta, manifestado através da agressividade exagerada, de forma oral e/ou corporal, dirigido a outras pessoas ou a si próprio. Geralmente é uma reação causada por falta de autocontrole, por acreditar que um ataque é a melhor defesa.

    (7) a falta de oportunidades de um futuro melhor e o pensamento de que essa é a forma mais fácil de ganhas dinheiro.

    (8) sim, a vida esta cada vez mais banal, talvez pelo criminosos terem a certeza de que não vão ser punidos.

    ResponderExcluir
  59. 01) Diante dos fatos mostrados no documentário, qual foi a sua primeira reação as imagens?
    Espantado, mais infelizmente e a realidade
    02) A violência tornou-se rotina na vida dos brasileiros, principalmente os menos favorecidos economicamente. Qual tem sido o posicionamento do Estado em relação a tal situação?
    O estado se esforça ao Maximo mais infelizmente a muita corrupção entre o próprio sistema.
    03) Quais são as perspectivas de futuro dos jovens ou crianças mostradas no documentário?
    Morrerão ou entraram na vida do crime, mais um felizmente escapou;
    04) MV BILL teve acesso a uma realidade que comumente não é mostrada nos meios de comunicações, na sua opinião o que possibilitou a ele esse acesso?
    Por ele sempre se expressar em letra de musicas, por ele ter passado a vida toda morando em favela.
    05) Na comunidade em que você mora, já teve oportunidade de presenciar cenas violentas que remonta ao filme? Qual a sua reação diante de tais fatos? Alguma ação poderia ser feita para que tal fato não ocorresse? Sim, a vontade é de fazer algo, mais infelizmente não há nada a fazer apenas chamar as autoridades competentes,


    3ºMF Mateus Brasil Martins Nº32

    ResponderExcluir
  60. Nome: Nayara Rosa Dalálio n°32 Série: 3°MM

    1- Os fatos representados no filme me provocaram certo espanto mas nada tão surpreendente porque a realidade sempre foi muito clara.

    2- O Estado não se coloca e nem se preocupa com a grave situação das favelas, não se impõe nem mesmo para oferecer emprego ou estudo, necessidades supridas no tráfico. Muito pelo contrário, o Estado só pratica a corrupção, como retratado no filme através das propinas por exemplo.

    3- A realidade é nítida: morte, cadeira de rodas ou cadeia. Conforme as crianças e jovens relataram: Quando crescer quero ser bandido.

    4- MV BILL tem como expressão o meio musical, meio pelo qual as pessoas, habitantes de favela por exemplo, se identificam.

    5- Ainda não presenciei, mas caso contrário entraria em contato com as autoridades responsáveis por esse tipo de ação.

    6- Violência é um comportamento que causa intencionalmente dano ou intimidação moral a outras pessoas.

    7- Desemprego, desfalque educacional, desapoio e abandono familiar são príncipios.

    8- Alto índice de impunidade e a enorme demanda de acesso à armas de fogo por exemplo fazendo com que o crime no Brasil compense.

    ResponderExcluir
  61. Lilian Brenda 3ºMJ Nº22



    1- Não me assustei , porque já é esperado esse tipo de cena , estamos acostumados a ver esses usos de drogas , no documentário so mostrou que realmente é a realidade.
    E é do trafico que eles ganham dinheiro , isso é um horror ..
    2- O estado não tem tomado muitas iniciativas quanto a esse assunto . O Estado tem levado cultura, musica pra os jovens da comunidade, mas não ajuda em muita coisa , o povo da comunidade já se acomodou com a situação.
    3- Não existe perspectiva de futuro , eu tenho certeza que eles queriam muito não estar nessa vida , mas como eles mesmo dizem eles precisam do trafico , é dele que conseguem dinheiro , eles mesmo dizem que o trafico não vai acabar tao cedo.e as crianças vivenciando esses fatos acabam indo no mesmo caminho.
    4- Por ele ter nascido em uma favela , conhecer o trafico.
    5- Já vi muita coisa , uso de drogar, tiros , mais não exatamente igual mostra o filme , eu na verdade fico com medo , quero logo me afastar .
    6- A Violência é um comportamento que causa lesão a outra pessoa.
    7- .
    8- Sim, concordo pois podemos ver a criminalidade, o homicidios,violência trafico so vem aumentado e um governo nada faz continua a mesma coisa, no país capitalista a ambição de dinheiro esta acima de qualquer outra coisa .

    ResponderExcluir
  62. Magno de Sousa Lopes N°:25 Série/Turma: 3°MH

    01- Fica a sensação de revolta por saber que essas coisas acontecem no país.
    02- O estado faz pouca coisa a respeito disso tudo, são poucas as iniciativas que eles tomam pra tentar mudar essa realidade.
    03- De um futuro bom, nenhum. O futuro deles é viver do trafico de drogas.
    04- Por ter nascido na favela e pela música que ele canta.
    05- Onde moro nunca presenciei nada assim, mais acho que para melhorar essa situação, deveria acabar com o preconceito, e aparecer mais oportunidades de futuro melhor.
    06- Violência é um ato de maldade com outro ser, seja de modo psciologico ou físico.
    07- Corrupção e falta de respeito.
    08- Concordo, pois cada dia que passa as noticias sobre crimes ocorridos apenas vem aumentando.

    ResponderExcluir
  63. ADRIANA GONÇALVES N°: 01 3MH

    01- No primeiro momento não tive nenhuma reação, pois já é bem visível para a sociedade esse mundo em que eles vivem, e no segundo momento deu indignação em saber que nosso governo não é capaz de acabar com isso.

    02- O Estado não tem feito nada para acabar com isso.

    03- Elas não têm perspectiva nenhuma, provavelmente o futuro delas será igual ao de seus pais.

    04- Ele saber como é a vida nessas comunidades por já ter vivido nelas, e mostrar às pessoas que ele está disposto a ajudar.

    05- Nunca presenciei tais cenas. Se o governo fosse mais preciso, policiais fosse mais competentes talvez essa violência acabasses.

    06. É o uso excessivo da força, isso gera um comportamento agressivo, tanto físico quanto psicológico, contra as pessoas.

    07. A educação, que no Brasil a situação está bem precária. E a falta de policiamento nas ruas, pois os policiais não fazem nada só sabem ser corruptos.

    08- Sim, pois a criminalidade é algo comum para muitas pessoas. A individualidade e o egoísmo do ser humano estão se tornando algo banal, fazendo com que as novas gerações pensem da mesma forma.

    ResponderExcluir
  64. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  65. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  66. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  67. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  68. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  69. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  70. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  71. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  72. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  73. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  74. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  75. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  76. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  77. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  78. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  79. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  80. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  81. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  82. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  83. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  84. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  85. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  86. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  87. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  88. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  89. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  90. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  91. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  92. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  93. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  94. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  95. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  96. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  97. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  98. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  99. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  100. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  101. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  102. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  103. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  104. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  105. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  106. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  107. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  108. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  109. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  110. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  111. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  112. Boa noite professor: Desculpa não ter feito os trabalhos antes, cheguei tarde no 4º Bimestre. Minha mãe(Deusanir) falou com o Senhor. Meu nome é João Victor de Sousa Rocha -> 3ºMN Nº45

    RESPOSTAS:

    01- Fiquei assustado, uma coisa é saber que existe, ver notícias nos jornais e lê uma coisa de vez em quando em jornais, outra coisa e vê, como se estivesse andando lá.

    02- Acho que o Estado não se importa, o documentário mostra a ausência do Estado nas favelas,não tem hospitais, não tem delegacias, não tem escolas direito, e quem não tem oportunidades, infelizmente substituindo a presença do Estado.

    03- Um futuro rodeado de tráficos,sofrimento é arriscando sua própria vida.

    04- Como ele cresceu no lugar, mas teve uma oportunidade de crescer na vida proporciona fazer com que as pessoas não tenham preconceito pela a sociedade menos favoráveis.

    05- Não, nunca presenciei, cenas de violência, nem nunca encontrei com um adolescente ou criança armada como sei que existe, caminhando nas favelas das grandes cidades, mas já vi e por muitas vezes, adolescentes e crianças usando drogas e tentando fazer furtos. Acho que a sociedade deveria se organizar e cobrar das autoridades, das politicas principalmente, que criassem e fiscalizassem políticas publicas como programas para recuperação dos viciados. coloca-los em lugares dignos para morar e principalmente, esclarecer as famílias, para que suas crianças, não terem contato com as drogas e daí, a violência.

    06-Como o texto acima comenta, o mundo convive com violência em todos os jeitos e formas imagináveis, a violência descrita no documentário é a mais gritante, pois aparece crianças e adolescentes sendo usadas pelo o trafico e morrendo, por causa da violência do lugar, mas quando os direitos humanos e sócias são desrespeitados também é uma violência, não ter hospitais, trabalho, escola representa uma violência que agente é péssimo, precisamos mudar isso!.

    07- Viver de forma miserável é uma coisa de criminalidade, como mostra o documentário, mas podemos citar também a falta de estrutura familiar para manter a família junta e a revolta do povo por falta de emprego.

    08- Sim, quando lemos as estatísticas da violência, não só no Brasil, mas no mundo, percebemos que o número de homicideos só aumenta, acho que falta, esclarecimento, amor e respeito pela vida humana.

    ResponderExcluir